Notícias - Dicas para mães

Como acalmar um bebê recém-nascido 5 dicas úteis

Como acalmar um bebê recém-nascido 5 dicas úteis

Por EME Equipment em 26/09/2019

Como acalmar um bebê recém-nascido: 5 dicas úteis

Para muitos pais ou cuidadores acalmar um bebê pode parecer uma tarefa difícil, especialmente para quem não possui muita experiência em lidar com os pequenos.

Assim, é interessante considerar algumas dicas para auxiliar nesse cuidado.

Ainda que cuidar de alguém tão frágil e que não pode se comunicar seja uma atividade difícil, não é impossível.

Pesquisando a respeito e buscando conhecer esse universo torna-se cada dia mais simples perceber o que é útil nessas situações.

Mantenha-se calmo

Uma dica muito simples, porém, indispensável é se manter calmo.

Antes mesmo de tentar acalmar o seu bebê recém-nascido é importante que você se sinta calmo e apto para fazê-lo.

Estar agitado atrapalha o seu contato com a criança, o que dificulta a tarefa de acalmá-lo.

No caso em que decida pegar o bebê no colo, por exemplo, procure manter a tranquilidade mesmo que o choro não cesse.

Sentir-se irritado, por não conseguir acalmá-lo, pode fazer com que sacuda o bebê, ao invés de apenas niná-lo em seu colo. Isso fará com que ele siga chorando, o que não será positivo para nenhuma das partes.

Uma opção mais segura é mantê-lo no carrinho, fazendo o movimento de balanço e embalando-o com cantigas.

Deslizar a mão sobre a barriga do bebê, massageando-a, também pode ser ótimo para ajudar.

 

Verifique o motivo do choro

Não se desespere antes de saber o motivo pelo qual seu bebê recém-nascido chora.

O choro é um meio que a criança encontra de comunicar ao cuidador que as coisas não estão funcionando como deveriam e que precisa de ajuda.

Evite pegar o bebê no colo de imediato, quando ouvir o choro, ou de tomar medidas como levá-lo para passear de carro, a fim de acalmá-lo.

Nem sempre isso será possível de ser feito, então é interessante que o bebê aprenda outras formas para se acalmar.

Assim, reflita sobre os principais motivos de choro antes de fazer algo: confira se o bebê está com fome, se a fralda precisa ser trocada, se o ambiente está em uma temperatura agradável ou se ele está com cólicas.

Nos três primeiros casos, a solução é mais simples, bastando adaptar o necessário para que o bebê se sinta bem novamente. No caso da cólica é importante tomar algumas medidas:

Evite amamentá-lo por um curto período, pois o movimento de sucção pode piorar a dor, sendo preferível esperar um pouco.

Enquanto isso esquente um pano a ferro e coloque sobre a barriga da criança, por cima da roupa, tomando cuidado para que não haja contato direto com a pele.

Faça massagens circulares no abdômen, utilizando um óleo, como o de amêndoas, por exemplo, se possível, pois isso esquenta a região e auxilia a acabar com a dor, acalmando o bebê.

Outro movimento interessante é deitá-lo de costas, flexionando as pernas de encontro ao abdômen, também acabando com a dor.

Coloque o bebê de lado ou de barriga para baixo

Se você conferiu e tudo está bem com seu bebê, mas ele não para de chorar talvez seja o momento de mudá-lo de posição.

Experimente colocá-lo de lado ou de barriga para baixo, seja no berço ou em seu colo, como achar preferível.

Alguns especialistas defendem que bebês recém-nascidos podem se sentir inseguros deitados de costas, pois isso ativa reflexos de reação à queda, por esse motivo, o bebê fica com o constante sentimento de insegurança e o choro não cessa. 


Coloque sons ambientes

Colocar um som ambiente, algo que cubra os sons de carros passantes e tudo o mais na rua, pode ser algo de muita ajuda para acalmar o bebê.

Este som não é necessariamente algo como sons de floresta, cachoeiras ou similares.

O tipo de som que um adulto considera relaxante é diferente dos que funcionam deste modo para os bebês, lembre-se disso.

Um bebê recém-nascido é alguém que até pouco tempo estava acostumado com os sons do corpo da mãe: Batimentos cardíacos, movimentos do estômago, entre outros. Isso era o que o bebê podia ouvir.

Assim, é interessante que busque pelos chamados ruídos brancos ou sons que imitem o que ocorria ainda no útero da mãe.

Estes sons são facilmente encontrados na internet, podendo se tornar um elemento de ajuda instantânea sempre que precisar acalmar o bebê.

Ligue o som escolhido em uma altura similar ao choro da criança, possibilitando que isso chame sua atenção.

Faça essa experiência e veja como seus efeitos são surpreendentes.

Converse com o bebê

Tão simples quanto outras atitudes, mas certamente mais prazerosa, é conversar com o bebê.

Se já checou todas as possibilidades acima, e não há nada a ser feito, tente conversar a fim de acalmá-lo.

Novamente, busque fazê-lo sem pegar a criança no colo, pois não é necessário o fazer toda vez.

Apenas mostre que está presente e que não vai abandoná-lo, faça companhia ao bebê recém-nascido.

Aproveite este momento para estreitar o vínculo com a criança.

Converse com o bebê, fale de modo buscando acalentá-lo, deixando-o cada vez mais calmo e atento ao que diz.

Utilize de sua criatividade neste momento, crie ou conte histórias ao bebê, possibilitando que a conversa dure por um tempo razoável.

Cante uma canção para ele, enquanto faz uma massagem suave, auxiliando a mudar seu estado agitado.

Não tenha pressa e não se culpe, caso o bebê demore a parar de chorar.

Todo bebê passa por um período mais agitado, busque apenas compreender suas necessidades e atende-las conforme lhe for possível.

E então, gostou das nossas dicas de como acalmar um recém-nascido rapidamente? Aguardamos a sua experiência nos comentários abaixo!

Caso queira receber gratuitamente mais informações e notícias sobre o mundo da amamentação, clique no link abaixo. 

Quero saber mais sobre amamentação

Matern Milk e a EME Equipment apoiam o aleitamento materno.

Aproveite para seguir nossa página no Facebook Instagram.

Compartilhar essa publicação
Comentar essa publicação

Assine nossa newsletter

Digite seu e-mail e receba notícias e novidades

Categorias

Encontre um representante

e solicite seu orçamento